ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DE HEREDOGRAMAS

Publicado: 30 de outubro de 2013 em Genética

Um dos tópicos mais exigidos em provas de vestibular é a capacidade do aluno interpretar heredogramas ou genealogias, que representam o padrão de hereditariedade de determinada característica em uma família ao longo das gerações. Sendo assim, para auxiliar os alunos na resolução destas questões podemos seguir às seguintes regras:

 

1ª) A presença de pais normais gerando filhos doentes ou portadores de determinada característica indica que tal caráter é RECESSIVO.

2ª) Se a característica for recessiva e ambos os pais (pai e mãe) apresentarem esta característica, todos os seus filhos deverão apresentar esta característica e serão recessivos também. Esta regra é válida tanto para casos de herança autossômica, quanto para casos de herança ligada ao cromossomo X.

3ª)Para saber se é um caso de herança autossômica ou ligada ao X é preciso efetuar cruzamentos-teste entre indivíduos para verificar a possibilidade, mas podemos também seguir às seguintes regras:

 

– Se o caráter for dominante e ligado ao X e ambos os pais possuírem esta característica e a mãe for homozigota para ela, todos os filhos deste casal deverão possuir a característica.

 

XH

Y

XH

XHXH

XHY

XH

XHXH

XHY

 

Se o caráter for dominante e ligado ao X e ambos os pais possuírem esta característica e a mãe for heterozigota para ela, todas as filhas mulheres deverão possuir a característica, enquanto os filhos homens poderão ou não possuir a característica.

 

XH

Y

XH

XHXH

XHY

Xh

XHXh

XhY

 

– Se o caráter for dominante e ligado ao X e nenhum dos pais possuírem a característica, nenhum dos filhos poderá possuir a característica.

 

Xh

Y

Xh

XhXh

XhY

Xh

XhXh

XhY

 

 

– Se o caráter for dominante e ligado ao X e somente o pai possuir esta característica, apenas as filhas mulheres apresentarão a característica.

 

XH

Y

Xh

XHXh

XhY

Xh

XHXh

XhY

 

– Se o caráter for dominante e ligado ao X e somente a mãe possuir a característica, sendo ela homozigota, todos os filhos (homens e mulheres) possuirão a característica. 

 

Xh

Y

XH

XHXh

XHY

XH

XHXh

XHY

 

– Se o caráter for dominante e ligado ao X e somente a mãe apresentar a característica, sendo ela heterozigota, tanto os filhos homens quanto as filhas mulheres poderão apresentar ou não a característica em igual probabilidade.

 

Xh

Y

XH

XHXh

XHY

Xh

XhXh

XhY

 

– Se o caráter for recessivo e ligado ao X e ambos os pais possuírem esta característica, todos os seus descendentes deverão possuir a mesma característica que os pais. 

 

Xh

Y

Xh

XhXh

XhY

Xh

XhXh

XhY

 

– Se o caráter for recessivo e ligado ao X e nenhum dos pais possuírem a característica e a mãe for homozigota para ela, nenhum dos filhos poderá ter a característica.

 

XH

Y

XH

XHXH

XHY

XH

XHXH

XHY

Se o caráter for recessivo e ligado ao X e nenhum dos pais possuírem a característica e a mãe for heterozigota para ela, somente os filhos homens poderão apresentar a característica.

 

XH

Y

XH

XHXH

XHY

Xh

XHXh

XhY

Outro ponto importante é que características ligadas ao cromossomo X tendem a ser mais frequentes nos homens, visto que estes só possuem um único cromossomo X, ou seja, basta possuir um único alelo para ter a característica.

 

4ª) Os caracteres ligados ao cromossomo Y só estão presentes em homens, mas cuidado! O simples fato de só haverem homens afetados por determinada característica não significa que é um caso de herança ligada ao cromossomo Y. Para ser uma herança ligada ao Y é necessário que todos os homens descendentes diretos ou indiretos de um homem que apresente a característica também possuam a mesma característica. Vejamos o seguinte exemplo:

 

– João apresenta hipertricose auricular (caráter ligado ao Y) e casou-se com Maria, tendo quatro filhos, dois homens (Thiago e Marcelo) e duas mulheres (Renata e Carla). Todos os seus filhos se casaram e, cada um deles, teve um casal de filhos. Quantos netos de João apresentarão hipertricose auricular? Repare o seguinte, por se tratar de um caráter ligado ao Y, somente os dois filhos homens de João irão herdar esta característica, ou seja, Thiago e Marcelo. Portanto, somente os filhos homens de Thiago e Marcelo herdarão esta mesma característica de seus pais, ou seja, dois netos.

 

Utilizando as regras acima, vocês poderão determinar se o caráter é ligado ao cromossomo X ou autossômico. Por fim, lembrem-se que a primeira etapa na interpretação de um heredograma é determinar se é uma herança dominante ou recessiva. Após isso, vocês poderão determinar se é um caso de herança autossômica ou ligada ao X.

Anúncios
comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s